O NTT

0 Núcleo de Transferência de Tecnologia (NTT) é um laboratório autônomo da COPPE/UFRJ, voltado para Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação (PD&I) e formação de recursos humanos de alto nível. O laboratório participa da Área Interdisciplinar de Computação de Alto Desempenho da COPPE/UFRJ através da Área de Sistemas Computacionais, do Programa de Engenharia Civil (PEC), e atua no desenvolvimento de técnicas de Inteligência Computacional e Mineração de Dados, para modelagem de sistemas complexos em aplicações de Engenharia. 

O grupo de pesquisa do NTT está envolvido em projetos de PD&I em estreita cooperação com a indústria desde 1977, quando a exploração de petróleo no Brasil se voltou para o mar. O NTT foi criado em 1993 e, desde 1995, vem desenvolvendo pesquisas na área de Mineração de Dados, sendo um dos precursores desta tecnologia no Brasil. Em 1998, o NTT organizou a primeira conferência internacional em Data Mining, evento que completa sua décima edição em 2009. A experiência do NTT, desenvolvida ao longo dos anos por meio de projetos de pesquisa institucionais, de projetos tecnológicos e de PD&I em cooperação com a indústria, garante o padrão de qualidade dos trabalhos realizados pelo grupo. Atualmente desenvolve projetos de PD&I em diversos setores de aplicação: Petróleo, Energia, Meio Ambiente, Bioinformática, Telecomunicação, Finanças, entre outros. 

A competência do grupo está apoiada em sólidas bases matemáticas para o desenvolvimento de modelos computacionais, utilizando recursos computacionais em ambientes paralelos e distribuídos, banco de dados, visualizações gráficas etc. Recentemente, o principal foco de pesquisa do grupo tem sido o desenvolvimento de técnicas de Inteligência Computacional e Mineração de Dados na modelagem de sistemas complexos. O trabalho envolve principalmente o desenvolvimento de algoritmos baseados em lógica fuzzy, redes neurais, máquinas de vetor de suporte, algoritmos genéticos e técnicas de otimização inspiradas na natureza. Este tipo de técnica encontra diversas aplicações em praticamente todas as áreas de conhecimento, o que permite ao NTT cooperar ativamente com diversos grupos de pesquisa no PEC e na COPPE.